O Mensageiro! Cover Image
O Mensageiro! Profile Picture
Outros O Mensageiro!
6 meses - Traduzir

Religiões sem Fé!


A essência dos ensinamentos de Jesus se transformaram em regras de homens? Hoje, vemos as pessoas dizerem que para servir a Deus é necessário freqüentar uma instituição, ser obediente, não fumar não beber, não se prostituir, ser fiel a instituição e ao líder religioso; ainda associam a prostituição a relacionamento intimo fora do casamento. Pergunto: TAIS afirmações vieram do nosso salvador Jesus Cristo? Ele nos afirmou que seremos discípulos dele, indo para instituições com bíblias debaixo de o braço e participar de culto divino num santuário terrestre? Ou se deixarmos de beber e fumar seriamos seus discípulos? Quando ele fez essas alegações? Será que ser discípulos de Jesus é algo tão superficial? Os ensinamentos do nosso salvador e seus discípulos foram sufocados sim, através dos séculos, como Jesus profetizou doutrinas de homens tomando lugar da lei de Deus.

ESTÁ ESCRITO: “Amando uns aos outros sabereis que sois meus discípulos”, então tudo se simplifica a partir daí, podemos responder fácil essas indagações:

Quanto a um relacionamento: Seria pecado, um relacionamento intimo com a namorada? Vamos analisar: Respondo esta pergunta com outra semelhante, acaso se duas pessoas já casadas, perante a lei dos homens, contudo esse casal mantém intimidade por obrigação e não por amor, estão eles casados perante Deus?

Raciocine agora: Na selva, ou aonde não exista sociedade, um homem constrói uma casa de bambú, e se ajunta com uma mulher, constituiem uma família e ficam para sempre juntos, aos olhos de Deus, eles estão casados? No cartório a gente faz contrato. Na “Igreja” [templo] a gente mostra os que estão “se casando”. Mas tanto no cartório quanto na “igreja” ninguém se casa diante de Deus. Aliás, nenhum homem tem o poder de casar a seu semelhante diante de Deus. Diante de Deus o casamento não ocorre no dia da cerimônia, mas no dia em que assumem a que se amam. A palavra casamento usado para aquela época é diferente da usada nos dias atuais, houve uma transferência de identidade, casamento é a união, quando o homem decide assumir as responsabilidades, quando homem e mulher assumem o seus lugares.

Agora, saiba: Só vale fazer qualquer coisa ou deixar de fazer, se for por amor e em fé. Sem fé a gente se condena em tudo o que faz. sem amor nada aproveita. nada é puro. Portanto, você e eu temos que fazer tudo com fé e amor.

Afinal, Jesus disse que aquele que é Seu discípulo faz tudo com amor. Esta é a obediência aos Seus mandamentos: amar sempre. Assim, você tem apenas que perguntar se você ama a pessoa que você pensa em usar por uma noite apenas. É amor? Ou trair?

Ou se é amor beber até cair ou falar um monte de bobagens? Ou se é amor fazer qualquer coisa que possa deixar a você mesmo mal e outros infelizes?

Quanto a fumar e usar drogas: Parece que Fumo e Drogas não se encaixam no contexto acima, logo, se eu não prejudico ninguém com meu fumo e não me falta amor, posso fumar a vontade?

Paulo diz: “Todas as coisas me são licitas, mas nem todas edificam ou me convém. Todas as coisas me são licitas, mas eu não me deixarei dominar por nenhum delas.”

Fumo e Drogas trazem vícios, todavia existem medicamentos a base de substancias extraídas a partir dessas mesmas drogas, que na medida exata, podem ser proveitosas. A pergunta deve ser feita, Se todas as coisas são licitas a pergunta então seria isso convém? Isso me domina? Tais drogas podem tecer as fibras de sustentação de um bom futuro? Contudo, você não “magoa a Cristo” quando faz qualquer das coisas acima. Sim! Jesus não faz beicinho! Ele já nasceu Deus. Crescido. Você faz mal a você mesmo, ao seu futuro, e, sobretudo, ao seu dia de hoje, no qual são forjadas e reforçadas as suas fibras de ser.

Magoamos a cristo quando Deixamos de fazer o bem ao próximo, a parábola do mendigo Lazaro e o rico deixa bem claro, o rico não foi justificado por omissão de ajuda.

Paulo também disse que não se deve usar a liberdade que temos em Cristo a fim de

se dê lugar a nada que seja contra aquilo que Deus, em Jesus, chama Vida.

Se seu interesse é em Deus, em Jesus e na Vida Eterna, então, é vida que você quer. Ora, se é vida que você deseja ter, então, é de vida que você tem que se ocupar. Assim, não falamos de normas de homens, mas apenas do que Deus chama vida para o homem.

Quanto a se dever freqüentar uma igreja, digo a você que não necessariamente. Você deve ser parte da Igreja, e você já é, porque crê em Jesus. Assim, você deve congregar-se em algum lugar no qual você seja de fato edificado na fé e no entendimento do Evangelho. Mas freqüentar de modo mágico, como se não indo a desgraça fosse chegar, não, mil vezes não! A igreja não é formada pelo local sagrado, e sim por pessoas, caso não encontre um grupo que esteja de acordo com o evangelho, existe a opção de reunir seus amigos, familiares ou mesmo na rua com um estranho, estando dois ou mais já se faz uma igreja, isso é congregar-se, reunir-se pelo evangelho, não existe a necessidade de um local físico.

Tudo em Jesus tem a ver com vida. Se a freqüência a algum grupo lhe traz graça e vida em Jesus, ajudando você a crescer em fé, amor e entendimento espiritual, então, freqüente aí. Caso contrário busque um lugar que seja assim.

Portanto, sintetizando, a relação antes da cerimônia não é pecado, pecado é a conseqüência de uma relação fora dessa união que vai gerar uma criança indesejada, sem pai, sem condições dignas de sobrevivência, pecado é a conseqüência de um ato fora dessa união, onde uma pessoa se relaciona ocasionalmente com outra magoando uma terceira que estava envolvida com a primeira, Pecado é a conseqüência das atitudes e não pelo ato em si. Pecado é ir apos outros deuses, realizar uma cerimônia litúrgica romana do Deus Mitra. No caso Cachaça e cigarro, cachaça, o mau é o que sai da boca não o que entra, tomar cachaça não é pecado, o pecado é a conseqüência desse ato, criar confusões, falta de sobreidade, maturidade, vícios, e todas as conseqüências dessa ação. Pecado é contra o próximo, pecado é viver sem amor e sem fé.

image
Faça login para compartilhar, curtir, comentar, etc !
6 meses - Traduzir

Falsos profetas e Doutrinas da Cristandade.
Justificam suas “novas doutrinas” ou “nova luz” pela “Revelação do Espírito Santo”

É sempre uma reafirmação do que foi dito e não a invencionice cínica! Baseado em novas revelações, em novas visões e consequentemente, que de forma sutil e com o passar do tempo leva a uma irreconhecibilidade total da essência do evangelho

pelo estelionato, usando o nome de Jesus para criar a relatividade de compreensões isso é apostasia a igreja primitiva não pensava assim, mas Paulo profetizou que pessoas como eles pregariam um outro evangelho...através de falsas revelações...houve um entorpecimento na coerência e no sentido do seus ensinamentos e a anti-realidade do evangelho se acreditar como a igreja primitiva, ficar somente no evangelho ao qual Paulo revelou a nós é ser ignorante espiritual sim eu sou com muita alegria!! E quanto a sua revelação invencionista, como diz Paulo: seja anátema!!!

2. Se colocam como caminho para a salvação, tomando o lugar de Cristo para si.

O que diz o evangelho sobre os falsos profetas? [1 Timóteo 4:1; 2 Tess. 2:3; Atos 20:30; 2 Pedro 2:1, 3 ; 2 Timóteo 2:16, 18;] Em que consistia esse ministério?

a) Cristo era o Filho de Deus, que foi enviado pelos nossos pecados, b) Sua vida serviu de resgate pela humanidade, c) Todo aquele que exercesse fé nele, seria salvo, d) Apenas ele é o caminho, a verdade e a vida, e ninguém vai ao Pai a não ser por ele.

Portanto, qualquer um que negasse esses pontos ou os distorcesse estaria falando “coisas deturpadas”. Qualquer que esteja tomando o lugar de Cristo para si, se colocando como caminho, verdade e vida, e ninguém poderá chegar ao Pai se não for pela instituição pode ser considerado como apóstata..

3. Realizam prodígios mentirosos, milagres falsificados e advogam o comércio da fé.

A existência de falsos sinais, prodígios de mentira e milagres falsificados não surpreenderá os estudantes sérios das escrituras, ela nos adverte sobre estas coisas (Mt 24:4), (2 Co 11:13-15), (2 Tm 3:13), (Ap13:13-14; 16:13-14). Se acreditarmos nas escrituras, podemos esperar uma abundância de falsos milagres. O teste é a revelação escrita pelos apóstolos. Os cristãos de Beréia são uns bons exemplos: Paulo operou sinais em Beréia, mas os cristãos dali determinaram se Paulo era de Deus ou não, comparando sua pregação com as Escrituras. (Dt 13:1-5), (Jr 23:25-32), (1 Co12:1-3), (1 Ts 5:21),

Infelizmente, muitas pessoas vêem acontecimentos espantosos e, automaticamente, concluem que eles vêm de Deus. Precisamos perceber que coincidência, pensamento positivo, ilusão fraudulenta, podem falsificar milagres genuínos das escrituras (Mt 7:22). Contudo, as falsificações nunca poderão igualar-se aos milagres reais. Deus mostrou que seu Filho era inigualável por meio de sinais que hoje ninguém sequer pretende realizar: transformar água em vinho, multiplicar pães e peixes, caminhar sobre as águas, curar instantaneamente um cego, aleijado, doente, surdo leproso, e ainda ressuscitar um morto. (João 2.1-11), (João 4.46-54), (João 5.1-9), (Mt 8.2-4), (Mt 9.2-8),(Mt 12.9-13), (Mc 3.1-5), etc. Temos que voltar ao modelo das escrituras, que é testar o sinal pela Palavra de Deus, e não modificar a Palavra de Deus para ajustá-la ao sinal. O Novo Testamento é o padrão que toda a pretensão de ter um sinal de Deus deve ser testada sendo o juiz final da validade de qualquer sinal ou prodígio.

Esta escrito desde os tempos antigos, maldito em é o homem que confia no homem, (Jr 17:5), cuidado para que ninguém vos engane (Cl 2:8), hoje os enganadores estão ai, surgirão muitos. Quem são esses muitos enganados num templo gigante que passa na TV? Que enganam pessoas aos milhares? Quem é o grupos que mais cresce? Que tem até jatos particulares, ricos, poderosos, (tudo que Jesus não era e nem orientou a ser), falsos profetas com palavras doces, enganarão a muitos (não são poucos raciocine, enganarão a MUITOS), o que se houve por ai são só palavras suaves, que você vai ficar rico e vai vencer todas as batalhas financeiras, que os demônios serão expulsos, e você vai ser vitorioso etc. Aquele que prega a verdade, e diz pra dividir, abster-se das coisas materiais, compartilhar por amor ao próximo esses tem poucos seguidores, porque é mais fácil ir ao templo de pedra assistir culto e comprar a salvação com dizimo, do que ajudar o próximo.Certo! Agora por que eles enganam a tantos? Justamente porque todos querem as coisas desse mundo (dinheiro principalmente), que trás a corrupção ou Deus Mamon, Mitra. Raciocine! Se conhece as escrituras, perceba que, os falsos profetas, ensinam tudo ao contrário ao que o Salvador ensinou, Jesus disse, que no mundo teríamos aflições (problemas), (João 16:33), eles dizem que não teremos problemas, Jesus rejeitou as riquezas que satanás o ofereceu no deserto, (Mt 4:9), hoje ensinam você aceitar o que Jesus rejeitou no deserto, as pessoas querem acumular tesouros pra si, essa é a verdade, não querem dividir nada com ninguém e muito menos ajudar o próximo como orientou Jesus. Pedro era pescador, aceitou Jesus e depois ficou rico? João Batista, e os outros ficaram ricos também depois de aceita-lo? Olha a diferença desses homens que estão ai hoje e compare com os discípulos de Cristo, Algum dos discípulos é tudo ao contrário não percebe? Ah fala sério brincadeira não? Só é enganado quem quer! Não peça isso a Deus, se você quer dinheiro TRABALHE e ganhe por você mesmo, ele já fez um sacrifício imenso por você que é maior que todo o dinheiro.

Jesus andou a fazer apenas o bem, ajudando todas as pessoas, sem destinação, curou cegos, limpo a ferida dos leprosos, ajudou os enfermos, lavou os pés das pessoas tudo por amor ao próximo como já dissemos. Cristo e seus discípulos eram

pobres, humildes não acumulava tesouros, não carregavam ouro nem prata, na cobravam dizimo, ou qualquer outro tipo de gratificação para “manter a obra” não praticavam promiscuidade e nem se preocupavam com as coisas desse mundo. Jesus mesmo tendo o poder de julgar, jamais xingou ninguém, de prostituta, maconheiro, beberrão, cachaceiro, como certos lideres fazem hoje! As únicas pessoas que tiravam Jesus do sério eram justamente esses: o sistema religioso da época escribas e fariseu porque estes prostituíram a palavra de Deus e a transformaram em negócios como nos dias de hoje. Enganadores, “Hipócritas e raça de víboras”. ; (Mc 7:6), (Lc, 3:7-8), (Mt, 12:34), (Mt, 23:33). Estes tinham o poder de roubar seu corpo e sua alma! Portanto, o que diferencia as coisas de Deus das coisas do homem, não são fenômenos, mas um único fenômeno: o amor...Não é o nome de “Deus” que faz a diferença, mas exclusivamente o amor...Onde o diferencial é amor, não importa a cultura, o ambiente religioso, a ignorância, entretanto...Se há amor, aí há Deus...Se não há amor, pode haver o nome de Deus, as doutrinas de “Deus”, culto a Deus, tudo a Deus — mas não haverá Deus aí.

Como identificar um Falso profeta de Deus ?

. “E estes cães são gulosos, nunca se podem fartar; e eles são pastores que nada compreendem; todos eles se tornam para o seu caminho, cada um para a sua ganância, todos sem exceção.”(Is 56:11)

Pelo que buscam: 2Tm 3.13; 2Pe 2.3; Jd 1-4. Pelo que ensinam: 2Pe 2.1; 2Jo 1:9-11; 1Jo 4.1-3. Pelo que produzem: Gl 5.13; Hb 4.12; 2Co 11.13.

Sempre procura agradar aos homens, o falso profeta é sempre conveniente e fala somente o que os homens querem ouvir, “vc é mais que vencedor, Deus vai te fazer rico, tudo que pedir com fé vc terá, Davi venceu Golias vc vai vencer seus problemas financeiros, assim como foi feito com Jô será feito com você com um sacrifício” e por ai vai e não importa o que digam, sempre querem tomar teu dinheiro com entendimento totalmente descontextualizados, pregadores de versos e não da verdade, associações maldosas e cruéis, tudo para o enriquecimento ilícito e imundo deles. Vamos pensar: Quais Líderes Religiosos seguem o exemplo de Paulo que trabalhava para se auto-sustentar e não pesar aos irmãos? (At 18:3, 20:34, 28:30, I Cor 9:15, I Ts 2:9 e II Ts 3:8). Como dito em profecias, no fim dos tempos, a palavra de Deus seria prostituída pela ganância, dinheiro, cobiça, por perversos e mercenários, ou seja, são aqueles que “trabalham” por dinheiro. Mas o trabalho deles é fazer absolutamente qualquer coisa por dinheiro e para quem pagar mais, não importam quem seja e qual seja o “trabalho”. Exemplo, o profeta Balaão (Nm, capítulos 22 à 24 e 31; Dt 23:4-5; Ne 13:2) que pregava e profetizava para quem lhe pagasse e pagasse mais. Outro exemplo é Geazi (aprendiz do profeta Eliseu) que quis receber recompensa material pela obra de Deus (II Reis 5). Outro, ainda, Judas Iscariotes que era o tesoureiro de Jesus (João 12:4-6) e furtava dinheiro do fundo e, não satisfeito, traiu Jesus por mais dinheiro (Mt 26:14-15), observe, sempre há menção negativa ao dinheiro e nunca positiva. No entanto. para apoiar a teologia da prosperidade citam SEMPRE o velho testamento, o Rico próspero e poderoso Rei Davi e disfarçadamente menosprezam o humilde salvador Jesus, se esquecem dos valores mais importantes como amor, misericórdia, perdão, compartilhar, dividir, justiça etc..negam a cristo mas não deixam de falar o teu nome para não levantar suspeitas, citam quase que exclusivamente o velho testamento totalmente descontextualizado e ainda não nos informam que a antiga aliança foi a palavra de Deus para um outro povo, não para nós, conforme Paulo sempre orienta a não buscar recursos da velha aliança a qual já foi cumprida e abolida por cristo, todo aquele que busca faz a cruz de cristo vã Vamos raciocinar um pouco, se você fosse um falso profeta do tipo mais comum, o mercenário, e sua missão fosse prostituir a palavra de Deus pela ganância e corrupção que o dinheiro traz, como faria isso? Bem vamos la, se eu fosse um falso profeta existiria uma só medida a ser tomada divida em etapas.

1° ato- Esquecer de dizer que o Antigo Testamento, foi dado exclusivamente para o povo de Israel (Dt 4:44), (Os. 11:1), (Dt. 23:3-5), (Is 43:3),(1 Cr 29:18) e deixar todos pensando que foi dado para nós.

2° ato – Fazer o mesmo que a Igreja católica medieval fazia: Dizer que todo aquele que discordar dele, é filho de Satanás, ou se tratando de um estudioso sério da Bíblia, intelectual, dizer que este não lê a escritura com olhos espirituais, a luz do Espírito Santo. Assim sendo poderia ele destorcer a palavra a vontade, pois apenas ele tem a luz do espírito, é tem a habilidade de entender o que não está escrito.

3° ato – Se os dois primeiros atos foram estabelecidos com êxito, então agora no terceiro ato, será estabelecido algumas das leis do A.T. e ignorada totalmente outras. A principal Lei, acima de todas é o dízimo, baseada em (Malaquias 3:1, e em (Mt 23:23). Mas o falso profeta vai se esquecer de dizer que na passagem de Mateus Jesus falava ao Fariseu, que era um Judeu, e estava sobre a lei de Moises do AT, portanto até o sacrifício do Messias ser consumado, ele tinha a obrigação, como Judeu de oferecer o Dízimo, que lembrando, nunca foi dinheiro. O falso profeta, também deve se esquecer , de dizer que o Dízimo religioso era dado EXCLUSIVAMENTE à tribo de Levi (1Cr 15:2) (Hb 7.5), (Hb 7.11-12) e a ninguém mais. Esquecer se de que ele próprio, o falso profeta, não é Judeu, Israelitas e tão pouco Levita, para abdicar o direito do dízimo.

Ah que lindo, agora com todos os fiéis imitando aos Judeus, sem poder discordar de nada, e arrecadando o dízimo para a prosperidade financeira, qual seria a última medida que o Falso profeta Teria que tomar?

4° ato – A única coisa a se fazer, agora, para que ninguém desconfie do enrriquecimento ilícito, seria, entrar de sociedade com uma empresa, vender livros, cds, dvds e declarar impostos fictícios e notas fiscais fantasmas. Assim ninguém levantaria suspeita contra ele. Bom mas se alguém com um pouquinho de entendimento, questionar matematicamente tantos bens, ele começa a coloca-los em nome de tercerios os chamados laranjas. Engraçado, não é assim também que fazem os políticos corruptos? Qual a diferença entre os Dois? O falso profeta não precisa de eleições.

Bom, Agora que você conhece quais seriam as melhores se não as únicas medidas usadas pelos falsos profetas, que a Bíblia chama de prostitutas imundas, e grande prostituta que prostituem a palavra de Deus pelo Lucro, ganância.(Ap 17:1) (Ap 19:2) (Ap 17:5) (Mt 21: 12) (Hb 5:1-6) (Mc 7:7). etc, etc, etc, Vamos Raciocinar: Quem tanto na época de Jesus e também nos dias de hoje fazem isso? O salvador Jesus quando brigava com alguém ele brigava exclusivamente contra quem? Quem se sentia ameaçados por Jesus e o via como adversário visto que ele atrapalhava a arrecadação imunda de dinheiro? Quem assassinou Jesus? Respondendo a essas perguntas, nosso Salvador Jesus quando brigava com alguém ele brigava exclusivamente contra o sistema religioso, mais ninguém; O sistema religioso viu Jesus como adversário porque ele atrapalhava a arrecadação imunda de dinheiro, assim tramaram uma perseguição ferrenha a ele. Mataram Jesus e resolveram seu problema, apareceu depois Paulo e Estevão, para causar mais problemas para o sistema religioso e eles os assassinaram também. Como na época de Jesus, hoje fazem tantos templos nobres mas falham em não dar aos pobres; o dinheiro usado fruto da arrecadação dos templos não são usados para fazer o que Jesus pediu e sim fazer o que ele não pediu. Como é que eu posso entrar num templo religioso Cristão dos dias de hoje, sabendo que este representa o mesmo templo que matou nosso salvador Jesus? Com direito a réplica da arca da aliança, bandeira secular de Israel, viagens a Israel, Monte Sinai, Fogueira Santa de Israel...Estão formando Cristãos imitadores de Judeus, faltam pouco para serem Judeus, e os Judeus negam a Jesus Cristo e vão aceitar o falso messias que vai se assentar ao trono de Deus e Dizer que é Deus (2Ts 2:1-4), e todos os imitadores de Judeus também vão aceita-lo. Não consegue perceber que tudo está sendo arquitetado por Satanás? Leia o Apocalipse. Compare um culto Judeu que representa o povo que matou Jesus e um Culto "cristão" nos dias de hoje, as doutrinas Judias e as Doutrinas desses falsos profetas? Use o youtube e compare os dois.....Existe alguma diferença?... Depois de concluir que esses templos de hoje representam uma cópia exata dos Templos Judeus, que perseguiram e assassinaram o nosso salvador, como tem coragem de frequentar esses lugares?

Comparando os grupos:

- O grupo de Jesus construiu templo? - O grupo de Jesus teve alguma denominação? - O grupo de Jesus tinha um sacerdote no púlpito do templo ministrando culto? - O grupo de Jesus ensaiava Coral ou fazia coreografia? - O grupo de Jesus fazia procissões de adoração e dança? - Quando Paulo deu dizimo? Pedro? Tiago? João? Estevão? Barnabé? E o restante dos discípulos? - O grupo de Jesus se envolvia na política? - O grupo de Jesus preferia os melhores lugares nos eventos? - O grupo de Jesus estava sempre bem apresentados com suas vestes suntuosas? - O grupo de Jesus gostava de ser chamados por seus títulos de Mestres, Pastores, Bispos e anciões? - O grupo de Jesus fazia curas através de novena, correntes, propósitos, campanhas, envelopes de oferta? - O grupo de Jesus amam as tradições mais do que a própria verdade?

O grupo religioso de hoje é idêntico ao grupo que matou JESUS, MAS EM NADA SE PARECE COM O GRUPO DE JESUS!

Depois de assassinarem a Jesus e os discípulos, existiu alguém maior que o Salvador ou Paulo para exterminar o Sistema religioso nestes 2 mil anos que se passaram? É claro que se ninguém os exterminou, eles estão ai até hoje. Quem são eles hoje?

-A qual grupo você pertence? Se Jesus e os profetas nunca defenderam o sistema, porque você defende?

Como pode freqüentar um templo Cristão hoje, sabendo que este representa o mesmo que matou nosso salvador Jesus? Com réplica da arca da aliança, bandeira de secular de Israel, viagens a Monte Sinai, Fogueira Santa de Israel...Estão formando Cristãos imitadores de Judeus, e está escrito que quem imita Judeu e não é Judeu, chama se Sinagoga de Satanás (Ap 2:9) (Ap 3:9). Com certeza Jesus desconhecia a estrutura da “igreja” cristã como a conhecemos atualmente! Jesus não fundou nada que envolvesse construções, grandes orçamentos nem envolvimento político com o estado, Jesus era absolutamente contra tudo isso! Ele era nômade, um andarilho e lutou veementemente contra o clero religioso que está ai até hoje!

Quando se desentendia com alguém era exclusivamente contra esse sistema:

Cegos (Mt 23:16); Insensatos (Mt 23:19); Sepulcros caiados, (Mt 23:27) Cheios de hipocrisia (Mt 23:28) Serpentes e raça de víboras; (Mt 23:33) Hipócritas, (Mateus 15:7)

Mateus 23:15 hipócritas! Pois que percorreis o mar e a terra para converter lo a sua religião; e, depois de o terdes feito, o fazeis filho do inferno duas vezes mais do que vós.

image
Faça login para compartilhar, curtir, comentar, etc !
7 meses - Traduzir

Porque as promessas para atrair fiéis em nome de Deus, são sempre de bens materiais?

Resposta: Pastores carnais usam ((meios artificiais)) para fisgar homens para sua igrejas, e continuarão a usar meios como ferramentas para construir liturgias ilusórias como meio de salvação.

Tiago 1:14:

“Mas cada um é tentado, quando "atraído e engodado" (fisgado) pela própria "concupiscência" (cobiça).

Apocalipse 12:9 ”Satanás foi precipitado na Terra, por isso as promessas deles são do reino terreno.”

Veja quem promete o melhor dessa terra:

Lucas 4:5-7:

"E o diabo, levando-o a um alto monte, mostrou-lhe num momento de tempo todos os reinos do mundo. "E disse-lhe o diabo: Dar-te-ei a ti todo este poder e a sua glória; porque a mim me foi entregue, e dou-o a quem quero". Portanto, se tu me adorares, tudo será teu.

Veja o que o Evangelho ensina:

Timóteo 6:8: “Tendo, porém, sustento, e com que nos cobrimos,"estejamos com isso contentes".

1 João 2:15 “Não ameis o mundo, nem o que no mundo há. Se alguém ama o mundo, o amor do Pai não está nele”.

1 João 2:16 “Pois tudo o que há no mundo — a ((cobiça)) da carne, a cobiça dos olhos e a ((ostentação)) dos ((bens)) — não provém do Pai, mas do mundo.”

O EVANGELHO ENSINA compartilhar enquanto todo mundo ensina reter! O EVANGELHO ENSINA a ceder enquanto todo mundo ensina a ganhar! O EVANGELHO ENSINA misericórdia e perdão enquanto todo mundo prega "justiça" (Vingança)! O EVANGELHO ENSINA humildade enquanto todo mundo prega prosperidade! O EVANGELHO ENSINA que O Reino do CRIADOR não é desse mundo, enquanto todos só se ocupam com seus caprichos, vaidades, em acumular bens materiais, terrenos, mundanos, onde a traça corroe e o ladrão Rouba!

O EVANGELHO ENSINA Relacionamento humano dia a dia com as pessoas, enquanto o mundo ensina religião, rituais, dógmas pobres e sem utilidade!

O EVANGELHO ENSINA ajudar os necessitados, o mundo ensina a pagar um líder religioso para fazer isso no seu lugar!

Por isso o Mundo é inimigo de Deus. O que é importante pára os homens é abominação para Deus.

image
Faça login para compartilhar, curtir, comentar, etc !
7 meses - Traduzir

“Digo-lhe a verdade: Ninguém pode ver o Reino de Deus, se não nascer de novo”??( João 3:3-7)

O novo nascimento é uma decisão pessoal?QUEM causa o novo nascimento? : “Vós tendes de nascer de novo.” (João 3:7) Esses ministros usam essas palavras como se fossem uma ordem, na realidade dizendo: “Nasçam de novo!” Dessa forma, eles pregam que cabe a cada pessoa que acredita em Deus obedecer a Jesus e dar os passos necessários para nascer de novo. De acordo com esse modo de pensar, o novo nascimento é um assunto de decisão pessoal. Mas será que esse conceito está em harmonia com o que Jesus disse a Nicodemos?

Uma leitura atenta das palavras de Jesus mostra que ele não ensinou que cabe a cada pessoa decidir se vai ou não nascer de novo. Por que dizemos isso? A expressão grega traduzida ‘nascer de novo’ também pode ser vertida “deve nascer do alto”. Assim, de acordo com essa tradução alternativa, o novo nascimento vem “do alto” — ou seja, “desde o céu”, ou “do Pai”. (João 19:11, nota; Tiago 1:17) De fato, é Deus quem causa o novo nascimento. 1 João 3:9.

Tendo em mente a expressão “do alto”, não é difícil entender por que uma pessoa não pode, por si mesma, nascer de novo. Pense no seu nascimento literal. Foi você quem decidiu nascer? Claro que não! Você nasceu porque foi gerado por seus pais. Da mesma forma, só podemos nascer de novo se Deus, nosso Pai celestial, tornar isso possível. (João 1:13) É por esse motivo que o apóstolo Pedro disse: “Bendito seja o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, pois, segundo a sua grande misericórdia, ele nos deu um novo nascimento.” 1 Pedro 1:3.

É uma ordem?

Para ilustrar essa questão de ordem versus declaração, pense na seguinte comparação. Imagine uma cidade com várias escolas. Uma delas foi indicada para servir de escola para alunos indígenas, que vivem numa área longe daquela cidade. Certo dia, um jovem que não pertence àquele grupo indígena, diz ao diretor da escola: “Eu quero me matricular nessa escola.” O diretor lhe diz: “Para se matricular, você tem de ser indígena.” É óbvio que as palavras do diretor não são uma ordem. Ele não está ordenando ao aluno: “Seja indígena!” O diretor simplesmente declara um fato — o requisito para estudar naquela escola. Da mesma forma, quando Jesus disse “vós tendes de nascer de novo”, ele estava simplesmente declarando um fato — o requisito para alguém “entrar no reino de Deus”.

Esse último ponto — o Reino de Deus — se relaciona ainda com outro aspecto do novo nascimento. Tem a ver com a seguinte pergunta: Qual é o objetivo de nascer de novo? Saber a resposta a essa pergunta é essencial para entender exatamente o que significa nascer de novo.

image
Faça login para compartilhar, curtir, comentar, etc !
  • Sobre
  • Somos discípulos de CRISTO!